Álcool de cereais

Álcool de cereais

R$15,00

álcool de cereais, ou álcool etílico hidratado, também chamado de etanol, é produzido de cereais, como o arroz e o milho, entre outros, sendo utilizado na fabricação de uma série de produtos.

No Brasil, a principal matéria prima utilizada para fabricação de álcool é a cana-de-açúcar, em razão de sua abundância e, portanto, o álcool de cereais tem menor produção.

O etanol, denominação química do álcool, é classificado como um composto orgânico, apresentando o grupo funcional hidroxila, preso a um ou mais carbonos saturados, formados pela cadeia CH3-CH2-OH.

A produção de álcool de cereais acontece através do processo de fermentação, quando são adicionadas algumas leveduras no cereal misturado com água, que se alimentam de açúcares liberados por qualquer fonte de onde se possa extrair álcool, principalmente dos cereais.

Ao se alimentar, as leveduras produzem enzimas que convertem o açúcar em álcool, começando, dessa forma, o processo de fermentação. Esse processo só termina quando as leveduras morrem.

Quando a fermentação está completa, é preciso fazer a destilação para separar o álcool do material que será descartado. A operação é utilizada para separar misturas, conseguindo-se frações de composições diferentes de álcool. Assim, o álcool de cereais, por exemplo, contém 4% de água e 96% de álcool.

 

Descrição

O Álcool Etílico hidratado de cereais , é produzido pelo processo Dry-milling
(hidrólise enzimática do amido de cereais), tecnologia mundialmente utilizada na produção de álcool de cereais. Por utilizar enzimas e levaduras, é um processo totalmente natural.
CARACTERÍSTICAS: Líquido incolor, inflamável, volátil, isento de materiais em suspensão.

APLICAÇÃO:

Produção de essências aromáticas e extratos vegetais;
Produção de bebidas compostas e licores;
Produção de essências aromáticas e extratos;
Produção de perfumes, águas de colônia, desodorantes e etc.
Produção de cosméticos;

Produção de princípios ativos e extratos fitoterápicos;
Assepcia.

PRECAUÇÕES:

Precauções e orientações para manuseio seguro: Evite inalação e o contato com a pele,
olhos e roupas. Evite respirar vapores/névoas do produto. Utilize equipamento de proteção individual ao manusear o produto.

MANUSEIO E ARMAZENAMENTO:

Medidas técnicas apropriadas: Providenciar ventilação exaustora onde os processos assim o exigirem. O produto deve ser manuseado obedecendo às normas e procedimentos de higiene industrial e segurança do trabalho de acordo com a legislação em vigor. Elimine fontes quentes e de ignição. Todos os equipamentos elétricos usados devem ser blindados e a prova de explosão. As instalações e equipamentos devem ser aterrados para evitar a eletricidade estática. Chuveiros de emergência e lavador de olhos devem ser instalados nos locais de uso e estocagem. Não usar instrumentos que produzam faíscas. Não fumar.

Condições de armazenamento seguro, incluindo qualquer incompatibilidade:
– Medidas técnicas: O local de armazenamento deve ter piso impermeável, isento de
materiais combustíveis e com bacia de contenção para reter o produto em caso de
vazamento. Especificações de engenharia devem atender regulamentações locais. As
instalações elétricas e o material de trabalho devem obedecer às normas tecnológicas de
segurança.
– Condições adequadas: Mantenha o produto em local fresco, seco e bem ventilado,
distante de fontes de calor e ignição. Mantenha os recipientes bem fechados e devidamente identificados.
– Condições que devem ser evitadas: Exposição das embalagens contendo o produto sob o sol, chuva, temperaturas elevadas, fontes de ignição e contato com materiais incompatíveis.

Avaliações

Não há avaliações ainda.


Apenas clientes logados que compraram este produto podem deixar uma avaliação.

Você acabou de adicionar este produto ao carrinho: